BLOG

eletro@thiago

Automação industrial: 4 tendências que você precisa conhecer!

Automação industrial: 4 tendências que você precisa conhecer!

A indústria em si é um ramo que, apesar de estar diretamente conectado com as novas tecnologias, leva um tempo para absorvê-las em suas linhas de fabricação.

Dessa forma, é sempre preciso que o profissional ligado a este mercado atualize-se em relação às tendências e busque novas formas de estudá-las antes do momento da aplicação ou da chegada real ao mercado.

Confira algumas tendências de automação industrial para os próximos anos e como elas impactarão nos processos produtivos e não perca mais oportunidades!

1. IIoT (Industrial Internet of Things)

A internet das coisas, uma maneira de conectar sensores via internet por redes sem fio, vem se tornando realidade no cotidiano — com relógios e outros dispositivos — e também sendo inserindo na rotina industrial.

O funcionamento é, de forma geral, simples: sensores sem fio com taxas de aquisição muito altas enviam gigabytes de dados para que decisões possam ser tomadas em tempo real e previsões por Big Data sejam realizadas a longo prazo.

Entretanto, devido a essa grande quantidade de dados, ainda é difícil para gestores definirem bons métodos de visualização para retirada de informação útil. Fique ligado nisso!

2. Iluminação por LED

A última tendência de automação industrial é a iluminação por LED. Este tipo de iluminação, apesar de ser um pouco mais cara que as tradicionais, não requer manutenção.

Além disso, ela consome menos energia e é durável (50 a 100 mil horas de uso), podendo também operar em ambientes de todas temperaturas — emitindo pouco brilho, característica desejada em aplicações industriais modernas.

Às vezes o preço mais alto compensa, certo? Este é um desses casos!

3. Indústria 4.0

Esta é uma inovação elaborada recentemente por indústrias alemãs com o objetivo de otimizar a geração, produção e transação de produtos.

Ela busca se diferenciar do método comum de fabricação ao empregar controle computacional e altos níveis de adaptabilidade. Por exemplo, a IIoT é empregada pela Indústria 4.0.

A “fábrica inteligente” (Smart Factory) — um dos conceitos presentes na indústria 4.0 —, preza pelo controle de todo processo produtivo via aplicação de sistemas inteligentes, sensores e robótica avançada, permitindo respostas, otimização imediatas e obtenção de dados.

Algumas vantagens desse modelo de fabricação são a eliminação de postos de trabalho ineficientes e perigosos, interação entre homem e máquina, redução de tempo de produção de novos produtos, prototipagem rápida e comunicação máquina-máquina. Quanta coisa, não é?!

4. Robótica

Apesar de parecer mais plausível a substituição de trabalhadores humanos por robôs, não é isso que vem se desenhando. A principal motivação por trás do movimento chamado “cobotic” (termo formado por cooperation — cooperação, e robotics — robótica) é o fato de que são seres humanos que identificam situações problemáticas e buscam soluções alternativas para situações do cotidiano de trabalho.

Dessa forma, espera-se que, ao invés de substituir os humanos, os robôs sejam utilizados como complemento ao trabalhador conforme mais sensores e adaptações são desenvolvidos (permitindo a integração da mão de obra automatizada).

É possível perceber que essas novas tecnologias e modelos de fabricação estão ligados à conectividade via internet e também à sustentabilidade.

Além disso, essas inovações não estão relacionadas apenas às indústrias de grande porte: itens como sensores inteligentes e iluminação de LED também são aplicados em linhas de produção de quaisquer tamanhos, gerando os mesmos benefícios.

Naturalmente, existem outros pontos a serem observados que dizem respeito às tendências industriais — como impressão 3D, utilização da nuvem, aumento do uso de analytics e crescente uso de controladores programáveis para automação.

Por isso, mantenha-se informado para ter o que responder quando o cliente perguntar pela melhor opção!

Gostou de conhecer as tendências de automação industrial? Continue a leitura e veja como substituir sua lâmpada tubular por uma lâmpada de LED!

Posts recentes

Áreas de Atuação

IMAGEM DE PROPAGANDA