Ligue para nós

(62) 3254 8000

E-mail

falecom@eletroenergia.com.br

Quando devo realizar a troca da instalação elétrica da minha casa?

Muita gente só se depara com a necessidade de fazer a troca da instalação elétrica da casa em uma situação limite: quando há algum problema (muitas vezes grave) causado por uma fiação elétrica antiga e que apresenta riscos para o morador e para o imóvel.

A falta de uma manutenção adequada é uma das principais causas de incêndios residenciais ou comerciais, juntamente com vazamentos de gás, velas e cigarros deixados acesos em um ambiente.

Neste post vamos mostrar que mesmo quem é leigo no assunto deve ficar atento a alguns sinais e se prevenir para não ter problemas ou colocar a família em risco por conta de situações que envolvem uma fiação elétrica inadequada. Confira!

Fique atento aos sinais

Ainda que seja muito difícil calcular a vida útil da fiação elétrica de uma casa, é importante ficar atento a alguns sinais que aparecem no seu dia a dia e que antecedem um problema maior que possa envolver a eletricidade.

Fios expostos ou desencapados, sobrecarga de energia em determinado cômodo, quedas abruptas da chave de luz ou a ocorrência de curtos-circuitos são sinais de que alguma coisa não vai bem com relação à instalação elétrica da sua casa.

Conheça 3 dicas para a troca da instalação elétrica da sua casa

Contrate um bom profissional

Antes de sair por aí tentando resolver um problema que envolve a instalação elétrica de uma casa ou de um apartamento, lembre-se dos riscos que um trabalho malfeito pode ocasionar. Isso sem falar nos acidentes domésticos e na ocorrência de choques!

Portanto, peça indicações a amigos e conhecidos e procure um profissional que possa executar o serviço por você. Solicite uma avaliação do estado da fiação e os materiais que serão necessários para a troca.

Invista em materiais de qualidade

Por falar em materiais, aproveite a necessidade de uma reforma elétrica para investir na compra de produtos de qualidade, que tenham uma boa vida útil e que vão demorar mais tempo para se desgastar.

Ainda que esses materiais possam ser um pouco mais caros, a relação custo-benefício vale a pena já que a necessidade de fazer uma nova reforma será menor.

Evite as gambiarras

De nada adianta trocar a instalação elétrica da sua casa se você não mudar alguns hábitos errados e que podem colocar todo esse trabalho em risco novamente. Ligar vários aparelhos em uma mesma tomada, abusar dos benjamins, fazer emendas de fios e usar equipamentos de forma inadequada são comportamentos arriscados. Abandone esses hábitos de vez e cuide da sua rede elétrica para que você não tenha que passar por quaisquer problemas.

Evite erros do passado

Além da contratação de bons profissionais e da compra de materiais de qualidade, fique atento para não repetir erros que podem fazer com que você reestruture a instalação elétrica. Siga o passo a passo que inclui a elaboração de um projeto elétrico, o aterramento da fiação e o uso dos materiais corretos, com as características (amperagem, voltagem, potência) verificadas por quem entende do assunto.

Gostou das nossas dicas? Acha que está na hora de fazer a troca da instalação elétrica da sua casa? Compartilhe este texto nas redes sociais e peça a opinião dos seus amigos!