BLOG

eletro@thiago

Conheça os principais tipos de lâmpada

Conheça os principais tipos de lâmpada

Existem diversos tipos de lâmpada que cobrem praticamente todos os campos de aplicações. Toda esta variedade gera uma grande dúvida na hora da compra: qual é a função e indicação de cada uma? A seguir temos um guia prático dos principais modelos disponíveis no mercado: lâmpadas incandescentes, fluorescentes, halógenas, lâmpadas de LED e descarga.

Lâmpadas incandescentes

As lâmpadas incandescentes são as mais antigas no mercado e são indicadas para uso residencial e comercial, assim como também estão presentes na iluminação interna de geladeiras e fogões.

É um tipo de lâmpada com uma eficiência luminosa baixa (15 lm/W) e com o menor tempo de vida útil — em média cerca de 1000 horas —, sua luz é amarelada e emite calor. Por ser uma grande consumidora de energia este tipo de lâmpada está sendo substituída gradativamente e a principal alternativa têm sido as lâmpadas fluorescentes.

Lâmpadas fluorescentes

As lâmpadas fluorescentes, também conhecidas como lâmpadas eletrônicas, apresentam alta eficiência (de 50 a 80 lm/W), podem durar acima de 10 mil horas e têm baixo consumo de energia. São comercializadas em três modelos: tubular, compacta eletrônica e compacta não integrada.

O modelo compacto possui praticamente a mesma eficiência do modelo tubular, porém com o tamanho reduzido. A diferença do modelo compacto eletrônico e compacta não integrada é que o primeiro apresenta o reator incorporado à base, já o segundo não, assim como o modelo tubular.

São mais conhecidas nas cores branca ou azulada, mas também podemos encontrar outras opções semelhantes à luz da lâmpada incandescente comum. Na hora da compra procurar na embalagem onde estará presente a palavra Kelvin (K), unidade medida que expressa a aparência de cor da luz emitida. Quanto mais alta a temperatura de cor, mais clara é a tonalidade de cor da luz.

As tonalidades mais claras (branca ou azulada) são indicadas para iluminação de ambientes dinâmicos, como áreas de trabalho, cozinhas e áreas de serviço. Já as tonalidades de luz suave (amarelada) são indicadas para ambientes aconchegantes, como quartos e salas.

Lâmpadas halógenas

As lâmpadas halógenas têm um funcionamento semelhante ao das incandescentes, mas são nomeadas assim por possuírem halogêneo em sua constituição. Apresentam a vantagem de conseguirem recuperar o calor libertado, reduzindo a necessidade de eletricidade para manter a sua iluminação, e assim também é considerada uma alternativa mais econômica para as lâmpadas incandescentes.

Neste tipo de lâmpada é possível conseguir uma vida útil de até 4000 horas e um rendimento de cerca de 25 lm/W. Estão disponíveis no mercado em vários tamanhos e formatos para atender uma variedade de aplicações de iluminação.

Este tipo de lâmpada emite uma claridade constante com autocontrole do facho de luz, sendo assim uma solução em iluminação dirigida, indicada para destacar objetos ou determinada área permitindo a criação de projetos que tornem o ambiente mais agradável e sofisticado.

Lâmpadas LEDs

As lâmpadas de LED são consideradas o tipo de lâmpada mais tecnológica disponível no mercado. Sua tecnologia converte energia elétrica diretamente em energia luminosa, através de pequenos chips incorporados, seu consumo de energia é muito baixo e apresenta uma vida extremamente longa — aproximadamente 25 mil horas. Também são uma alternativa às lâmpadas incandescentes, com apenas 10 W iluminam o mesmo que a incandescente de 60 W, gerando uma redução de mais de 80%.

Elas são comumente utilizadas como Iluminação de destaque em ambientes residenciais e comerciais, porém o preço é relativamente mais elevado se comparado aos outros tipos lâmpadas disponíveis. No entanto, vale ressaltar que elas são as mais adequadas por não poluírem o meio ambiente e proporcionarem um maior custo-benefício para quem as compra.

Lâmpadas de descarga (HID)

O princípio de funcionamento das lâmpadas de descarga baseia-se na condução de corrente elétrica em um meio gasoso. Por isso os modelos disponíveis no mercado se diferenciam pelo tipo de gás utilizado no processo de descarga. São eles: multivapores metálicos, vapor de sódio, vapor de mercúrio e lâmpadas mistas.

Todos os modelos possuem baixo consumo de energia, têm o tamanho relativamente pequeno e a luz produzida é extremamente brilhante, possibilitando a iluminação de grandes áreas. São normalmente utilizadas em locais onde a reprodução de cor não é um fato importante, como em vias públicas, e também na iluminação interna de grandes lojas e fábricas.

Agora que você já conhece os principais tipos de lâmpada, não deixe de comentar qual você utiliza na sua residência e ambiente de trabalho.

Posts recentes

Áreas de Atuação

IMAGEM DE PROPAGANDA