BLOG

eletro@thiago

Instalações elétricas: como instalar um quadro elétrico?

Instalações elétricas: como instalar um quadro elétrico?

Para que uma obra seja inteiramente funcional, é indispensável instalar um quadro elétrico corretamente. Isso não apenas oferecerá a energia necessária como também contribuirá para a segurança desse elemento tão importante.

Para garantir que tudo ocorra como o planejado, a montagem deve colocar em prática alguns passos importantes. Seguindo essas dicas, todo o espaço estará apto para usar equipamentos elétricos.

Veja o passo a passo de como fazer essa instalação de forma funcional:

Identifique onde o quadro elétrico será instalado

O primeiro passo para instalar um quadro elétrico é definir onde ele ficará. Isso depende do layout de cada projeto, mas também é importante pensar na segurança e na praticidade. O ideal é que ele fique em um local protegido e, ao mesmo tempo, acessível caso seja preciso fazer reparos ou manutenções.

Ele pode ser embutido na parede ou posicionado de outra forma, como prevê o fabricante. Também é fundamental que ele esteja em um local em que possa reunir todos os circuitos exigidos, evitando a necessidade de um complemento.

Planeje a divisão, a capacidade e os circuitos

Em seguida, é necessário planejar como a instalação será feita. É preciso pensar em como será a divisão, já que circuitos de iluminação não devem se misturar os das tomadas, por exemplo.

Verifique se algum equipamento demanda um circuito individual e analise qual será a capacidade ao instalar um quadro elétrico. Isso evitará superaquecimento, curtos circuitos e até problemas de segurança.

Todo esse planejamento exige um equilíbrio de cargas, de modo que o funcionamento aconteça com segurança.

Disponha dos equipamentos adequados

Para realizar essas tarefas, é indispensável contar com as ferramentas certas. Por se tratar de eletricidade, tudo começa com a proteção individual, como óculos, luvas e botas com solado isolante.

Outros itens que devem estar presentes são alicate de corte, estilete, fita isolante, chave de fenda, prensa para dobra e corte de barramentos, arco de serra, nível e elementos relacionados.

Tenha tudo à mão na hora da montagem: isso irá acelerar o trabalho e evitará problemas com a segurança.

Realize a instalação dos disjuntores

Na sequência, é necessário realizar a instalação dos disjuntores DIN. Esse é um processo que acontece ainda fora do quadro e que deve seguir as especificações de cada fabricante.

Além disso, os disjuntores podem ser monofásicos, bifásicos ou trifásicos, sendo esse último um dos mais comuns. Essa parte exige muito cuidado e atenção, já que essas peças são fundamentais para a distribuição. Com tudo concluído, é hora de colocar os disjuntores no quadro.

Faça a conexão de fios neutros, de alimentação e terras

Já no final do processo de instalação do quadro elétrico, é chegada a hora de fazer a conexão dos diversos elementos. Contando com a ajuda de barramentos de cobre, você deve criar os circuitos conforme o planejado, usando os fios de alimentação e os neutros.

Todos eles devem estar devidamente protegidos e precisam ser posicionados sem remendos ou pontos de fuga de corrente.

Já o aterramento serve para aumentar a segurança e evitar que os aparelhos sofram grandes descargas. Com isso, os fios terras precisam ser posicionados de forma adequada.

Quando tudo estiver realizado, é fundamental identificar os disjuntores, colocar a tampa do quadro e fazer testes progressivos quanto ao funcionamento elétrico.

Seguindo o projeto e usando essas dicas, é possível instalar um quadro elétrico de forma segura e funcional. Para ajudar seus contatos a também acertar no processo, compartilhe esse post nas redes sociais e espalhe a informação!

Posts recentes

Áreas de Atuação

IMAGEM DE PROPAGANDA