BLOG

eletro@thiago

Lâmpadas LED e a temperatura das cores: entenda essa relação

Lâmpadas LED e a temperatura das cores: entenda essa relação

Conforto, relaxamento, agitação ou produtividade. Todos esses objetivos de um projeto podem ser alcançados com o uso adequado da temperatura das cores em um ambiente. E essa temperatura não tem ligação com o calor emitido pelas lâmpadas, mas sim com a variação da cor da fonte de luz.

Conhecer esse conceito é importante na hora de decorar um ambiente, não só para atender melhor ao gosto do cliente, mas também para apresentar a ele as melhores opções para o resultado desejado, esclarecendo as vantagens e as desvantagens de cada temperatura escolhida.

Para que você entenda melhor essa relação, no post de hoje falaremos mais sobre a temperatura das cores e as lâmpadas LED. Confira!

Uma temperatura de cor adequada para cada ambiente

Luz fria — azulada

Quando ouvimos que uma luz é fria, isso significa que ela é mais brilhante e densa e a cor que predominará será de um tom azulado. Por ser vibrante, esse tipo de iluminação é adequado para ambientes onde se deseja manter a atenção e que se tenha o interesse em ficar ativo e com bom desempenho, como escritórios, salas de reunião, salas de aula e cozinhas.

Luz quente — amarelada

Já se a intenção é ter um espaço de calma e tranquilidade, a solução para a criação de ambientes aconchegantes é a aplicação de luz amarelada, que dá uma sensação de calor e aconchego. São ideais para quartos, salas de estar e salas de espera de consultórios.

Luz neutra — branca

O branco natural das lâmpadas neutras é uma opção coringa para todos os casos. Como ela não altera a tonalidade da cor dos objetos, pode ser usada em ambientes para exposição de produtos, como vitrines de lojas, em locais espelhados — como vestiários —, além de ser adequada a qualquer tipo de espaço comercial, como galerias, salões de beleza e clínicas.

Um tipo de lâmpada para cada necessidade

Hoje, no mercado, existe uma grande variedade de tonalidades de cor para se iluminar um ambiente. E as opções de tipo de lâmpada também são muitas: vão desde lâmpadas de LED até as incandescentes ou fluorescentes.

Muito se tem falado nas lâmpadas de LED em função da economia que ela traz. Encontrada nos tons azulado, branco natural e amarelado, elas oferecem benefícios, como maior durabilidade e menor geração de calor no ambiente. Além disso, ela é versátil e adequada a muitos estilos de espaços, permitindo que sejam alternadas cores quentes e frias em um único dispositivo.

As vantagens da lâmpada de LED

Não é à toa que a lâmpada de LED é a queridinha de empresas e do governo, já que economia é sua palavra de ordem, tanto no consumo de energia como no longo ciclo de vida do produto. Outras vantagens são:

  • Boa resistência a impactos e vibrações;
  • Controle mais objetivo da temperatura de cor desejada;
  • Fluxo luminoso adaptável à corrente elétrica, o que permite maior controle da intensidade;
  • Não emissão de radiações ultravioleta e raios infravermelhos;
  • Dispensa cuidados no descarte, já que não possui metais pesados em sua composição.

Uma ajuda de especialistas

Alinhar o gosto pessoal do cliente com os objetivos que se deseja para o espaço é um trabalho complexo. Saber todos os detalhes, as combinações possíveis e a maneira certa de atender aos desejos do cliente é tarefa para especialistas. E, se o interesse é que o projeto seja não só de decoração, mas também uma proposta que torne o ambiente funcional, é importante contar com o apoio de empresas e profissionais qualificados.

E então, o que você achou do post de hoje? Ainda tem alguma dúvida sobre a temperatura das cores e gostaria de entender melhor para aplicar em seu projeto? Deixe suas respostas nos comentários!

Posts recentes

Áreas de Atuação

IMAGEM DE PROPAGANDA