BLOG

eletro@thiago

Quais os melhores tipos de lâmpada para cada cômodo da casa?

Quais os melhores tipos de lâmpada para cada cômodo da casa?

A iluminação de ambientes é algo que tem um grande valor quando se trata de projetos elétricos para uma casa. Então, é muito importante que se use os tipos corretos de lâmpada para cada ambiente, obtendo assim a melhor eficiência de cada modelo e a melhor sensação de bem-estar possível.

Mas com uma variedade tão grande de tipos de lâmpada disponíveis no mercado, com diferentes cores, formatos e intensidades, acabamos ficando em dúvida sobre qual delas escolher, não é? Principalmente se colocarmos na balança a economia obtida pela utilização de cada um desses produtos.

Para tentar lhe ajudar nessa escolha, separamos aqui algumas dicas bem importantes que mostram o modelo a ser usado em cada ambiente, assim como a melhor forma de aplicar cada um deles.

Cozinha

Se você já é acostumado com a luz branca na cozinha, saiba que ela pode dificultar a avaliação do aspecto dos alimentos, pois ela altera a tonalidade deles. Na França, por exemplo, restaurantes são proibidos de fazer uso desse tipo de lâmpada por esse motivo. Mas, se você fizer questão desse tipo de lâmpada em seu projeto, utilize também lâmpadas de uma tonalidade amarela para balancear.

Se usar um ponto de luz único, opte pela PL eletrônica. Se desejar realçar somente alguns pontos, como a mesa ou a geladeira, spots PAR 20 serão uma ótima solução. Outras que poderão ser bem aproveitadas são as dicroicas, porém estas são mais comuns em alguns estabelecimentos comerciais.

Sala

Apesar de essa área permitir uma exploração maior da criatividade na escolha da iluminação, prefira as de tonalidades amarelas, como as PL’s eletrônicas. Esses modelos são mais econômicos e também oferecem uma iluminação difusa e sem sombras. Isso facilitará bastante uma melhor visualização do ambiente. Spots cumprem um bom papel decorativo e são ótimos para realçar quadros, esculturas e outros objetos, especialmente os que permitem direcionar feixes de luz. Para esses casos, recomendamos as seguintes lâmpadas: AR 70 e AR 111 (elegantes e de foco direcionável), PAR 20 (econômicas e de foco abrangente) ou as dicroicas (estas destacam uma área menor, porém esquentam mais o ambiente). Temos também os modelos de LED que reduzem muito o consumo de energia, porém possuem um valor mais alto.

Sala de estar

Para esse ambiente, o recomendado é uma iluminação indireta para leituras e conversas. Aqui pode-se usar arandelas nas paredes ou mesmo sancas de gesso que possam embutir lâmpadas fluorescentes. Importante é que sempre sejam de luz amarela, pois conferem um ar mais natural ao ambiente.

Quartos

Para esses ambientes, recomendamos que sejam usadas as PL’s eletrônicas. Essas lâmpadas poderão ser complementadas com spots de PAR 20, que irão realçar móveis, quadros e conferem um ar mais inimista ao ambiente.

Banheiro

Lâmpadas brancas também não serão as mais indicadas para esse tipo de espaço, pois elas podem alterar a cor natural da pele, podendo induzir a excessos na hora de se maquiar. Nesses ambientes, a iluminação poderá ser feita também com PLs eletrônicas de tonalidade amarela.

Lavanderia

Para esse cantinho da casa, não há muito mistério, pois a PL eletrônica branca possui todas as características ideais, assim como o melhor custo-benefício.

Como pudemos ver, de maneira bem simples, seu projeto de iluminação tem tudo para dar certo e valorizar todos os ambientes de sua casa. Vale lembrar também que, entre os tipos de lâmpada que forem escolhidas, não se deve fazer uso de lâmpadas incandescentes, uma vez que elas já não se encontram no mercado, pois possuem diversos prejuízos, entre eles o grande consumo de energia, e já estão inclusive proibidas.

Viu como os tipos de lâmpada e de tons podem influenciar bastante no ambiente? Que tal deixar seu comentário aqui embaixo nos contando o que achou e mandando também outras dúvidas suas?

Posts recentes

Áreas de Atuação

IMAGEM DE PROPAGANDA